terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

peixe oscar de aquario


Nome comum oscar
Nome Científico: Astronotus Ocellatus
Família:

Cichlidae
Habitat

América do Sul
pH

6,5 a 6,8
Temperatura: 21°C e 26°C
Tamanho Máximo:

30 cm
Sociabilidade: sozinho um mais
Agressividade:Pacífico se colocado com peixes do seu tamanho ou ligeiramente menores, peixe territorial de movimentos lentos.
Manutenção:Media
Zona do Aquário:200 litros
Alimentação:Ração e pequenos peixes. Desde pequeno, o Oscar consome grandes quantidades de alimento, aumentando a refeição à medida que cresce. Devora todos os peixes menores do aquário pode chegar a medir até 35 cm. Os adultos gostam de minhocas, caramujos, coração, fígado (em pedaços pequenos) e peixe como os pecilídeos (ex. Lebiste). Esse último, assim como
a vitamina E, tem relação direta com o desempenho na reprodução.
Características:Espécie tropical de água doce, sua coloração é escura com belos desenhos em mosaico quando jovem. Conforme vai crescendo adquire manchas claras e escuras num meio tom verde-acinzentado e laranja. Na nadadeira caudal existe um ocelo, mancha circular escura, circundada por um laranja brilhante. O colorido aumenta e diminui de intensidade conforme o ambiente.

Este peixe tem o costume de arrumar a decoração do aquário de acordo com o seu próprio gosto. Consegue arrastar pedras relativamente pesadas, arrancando plantas, revolvendo areia, etc.

Também conhecido como Apaiari, o Oscar é grande, guloso e fujão, é capaz de arrastar pedras e arrancar plantas. Mas é um dos preferidos dos aquaristas pois além de sua beleza, ele encanta pela meiguice: sabe reconhecer seu criador e permite que ele faça carícias em seu dorso.

O Oscar é mais um dos peixes originários da região amazônica e que foi introduzido em algumas represas do sudeste do país. Diferente de sua região de origem, onde pode chegar a pesar 2.0kg, nas represas das hidrelétricas dificilmente vamos encontrar exemplares pesando mais de 1.0kg. O seu comprimento médio se situa por volta de 30cm nas represas e por volta de 35-40cm na região amazônica.

Este peixe é muito simpático e sociável e, é capaz de reconhecer o seu tratador, pegar a comida na mão ou até mesmo pular para fora do aquário para apanhá-la. Costuma deixar que se façam carícias em seu dorso.
Reprodução:

o aparecimento de uma certa agitaçao no aquário é sinal de que começaram os "jogos de boca", que evidenciam o acasalamento. Esse jogo consiste numa prova de força, onde o macho e a fêmea se colocam frente a frente com as bocas abertas. Após algumas investidas, mordem-se simultaneamente puxando o companheiro para o lado. Depois disso, isolam-se dos demais e é o momento ideal para serem instalados num novo aquário (ou mantê-los no mesmo se já estiverem adaptados), com cascalhos não cobertos por areia e fora da área do filtro biológico. Os pais escolhem uma superfície lisa (uma pedra, tronco, ou uma telha virada com a boca para baixo) e a limpam. A fêmea vai então depositando os ovos em círculos num total de 800 a 2.000, enquanto o macho os fertiliza. Começa então um violento esquema de defesa e proteção. Movimentam continuamente as nadadeiras gerando uma corrente de água que proporciona uma melhor oxigenação para os ovos e evita o ataque de fungos e bactérias. Depois de 3 a 4 dias ocorre a eclosão. O macho faz buracos no substrato e transporta os alevinos com a boca mantendo-os aí até que nadem livremente.

Nessa época, os pais tornam-se ainda mais cautelosos e agressivos, chegando até a atacar a mão do criador, e só devem ser separados das crias quando diminuírem seu interesse por elas. Os casais são monogâmicos e podem Ter até 3 desovas por ano. Se o casal interromper o namoro por 6 meses, experimente trocar a fêmea.

Alimentação dos alevins: Assim que nascem, os alevinos contam com o saco vitelino para suprir suas necessidades alimentares. Assim que esse saco começar a desaparecer, forneça minhocas, camarões crus, carne de boi crua e sem gordura, carne de peixe, fígado e miolos, todos bem triturados. Também podem ser alimentados com dáfnas, microvermes e artemia salina recém-eclodida. Forneça as refeições de 2 em 2 horas e sem exageros.

video video

12 comentários:

  1. Adoro este peixe. A sua forma e as cores tornam o peixe oscar num dos mais bonitos.

    Boa informação a que tens aqui.

    http://aquariofilia.org/peixe-oscar-alimentacao-reproducao-caracteristicas-peixe-oscar

    ResponderExcluir
  2. oi queria saber se consigo manter um oscar de 28 cm tranquilo em um aqua de 84 lts

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thiago, o aconselhável é um aquário de no mínimo 200l, mas se no caso você não tem um aquário desse porte você pode estar mantendo nesse aquário. Mas saiba que para o peixe crescer saudável, e feliz ele precisa de um espaço maior do que esse aquário de 84l.

      Excluir
  3. Boas thiago
    Um peixe desse tamanho num aqua de 84l é muito pouco. No mínimo um aqua de 200L para um oscar adulto. E cuidado com os peixes que metes junto dele.

    ResponderExcluir
  4. pq o oscar fica de boca aberta tem hrs parece ofegante

    ResponderExcluir
  5. O oscar é um peixe que interage com o dono. Sempre que lhes das de comer, ai verem a comida ficam todos malucos. Os meus abrem e fecham a boca sucessivamente. Depois de comerem, por vezes ficam no abre e fecha a boca. Isto porque eles são muito gulosos e enchem a boca de comida e depois começam a amolece-la para conseguirem engolir. Se o teu fica assim depois de comer, é natural que seja por causa disso (mas isso passa num instante). Se fizer isso constantemente, poderá ser falta de oxigénio na água. Pelo sim pelo não, mede os parametros da água.

    ResponderExcluir
  6. Meu Oscar parou de comer ração, só aceitava outros animais vivos e agora nem isso mais, estou muito preocupada!
    A época do ano modifica o interesse por alimento?
    Obrigada!
    Denise

    ResponderExcluir
  7. Cara,trabalhei num pesque-pague aqui em Goiás e nem tinha noção q esse peixe era o oscar,lá ele era vendido só como filé de peixe,se o pescador ñ o quisesse ele era descartado.Achava ele tão lindo q um dia até trouxe um pra casa mas não soube cuidar dele (totalmente inexperiente).Hoje estou comprando um de um vendedor de iscas-vivas,mas ainda pretendo voltar naquele pesqueiro e ver se ainda existem oscar"s por lá...Abraços a todos e boa sorte pra mim!kkkkk

    ResponderExcluir
  8. tenho 2 oscar e alguns ciclideos em aqua de 300 litros 1 oscar e menor que o outro nao sei qual e a femea,alguem pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O orifício anal do macho sao dois circulos de msm tamanho formando quase um oito (seria assim "oo")
      E da femia seria dois orifícios tbem porem mais espacados um do outro e de tamanhos diferentes m (seria assim "o O"

      Excluir
  9. Qual a porcentagem ideal de proteina para a comida do oscar?

    ResponderExcluir